';

Tributo ao Tiãozinho da CPT e da Bio-Saúde: Cristão Libertador

15/07/2018

Por Aline Dias Araújo[1] e frei Gilvander Moreira[2]

Se falarmos em Sebastião Clemente de Souza, pouca gente conhece, mas diga “Tiãozinho da CPT” ou “Tiãozinho da Bio-Saúde” e muita gente saberá dizer quem é e com certeza todos dirão: “passou a vida toda fazendo o bem”.

Nascido dia 02 de fevereiro de 1965, o “Tiãozinho das CEBs do noroeste de Minas, do STR de Brasilândia e João Pinheiro, da CPT e da Bio-Saúde, aos 53 anos, partiu, de repente, para a vida em plenitude, dia 13 de julho de 2018, uma sexta-feira, às 12h, quando os ponteiros apontam para o infinito. Partiu para a eternidade de forma terna e viverá também de forma indelével nas milhares de pessoas que tiveram a alegria e a responsabilidade de conviver com Tiãozinho e lutar ao lado dele. Nas celebrações de corpo presente em Belo Horizonte, em João Pinheiro e em Brasilândia, todos eram unânimes em dizer: “Tiãozinho combateu o bom combate, perseverou na fé libertadora, foi um verdadeiro cristão”.

Roseli Augusto, da CPT-MG, por exemplo, emocionada, deu seu depoimento: “Encontrei Tiãozinho pelas primeiras vezes no início dos anos 1980, nos encontros de CEBs em Unaí e Brasilândia. Atuou na equipe da CPT junto com Irma Zélia, das Irmãs de Jesus Crucificado, no noroeste de Minas. Ajudou na criação dos Sindicatos de Trabalhadores Rurais, lutou contra a violência agrária em uma das regiões de maior truculência e dos mais extensos latifúndios de Minas Gerais; violência que gerou o assassinato de muitas lideranças como o Sr. Júlio Miranda, em 1984. Depois, Tiãozinho descobriu a riqueza das ações da saúde alternativa, da homeopatia, fitoterapia e outros tratamentos alternativos para uma vida saudável. Nesse campo deu enorme contribuição e foi muito feliz. Fazia com amor esse trabalho. Nós lhe agradecemos e honraremos sempre sua memória.”

Tiãozinho viveu a vida inteiramente a serviço dos irmãos oprimidos e injustiçados: sem-terra, camponeses, posseiros, assalariados, aposentados, pessoas com problemas de saúde etc.

Nascido no interior de Minas Gerais, na zona rural da cidade de Brasilândia de Minas, no noroeste de Minas, de família de pequenos agricultores familiares, Tiãozinho conheceu desde pequeno a vida dura e a realidade dos camponeses. Sentiu na pele e no próprio corpo o que é ser negro e pobre neste nosso país elitista, latifundiário e discriminatório.

Com uma humildade que desarmava os arrogantes, Tiãozinho cativou uma multidão de amigas e amigos, e desde criança descobriu que a vida só tem sentido quando colocada a serviço do outro, do próximo e, principalmente do outro injustiçado e explorado. Tiãozinho fazia isso com maestria e dedicação integral a todas as causas que abraçava, sempre causas em defesa dos oprimidos. Com sabedoria, Tiãozinho se colocava disponível, solidário a quem precisava. Tiãozinho contribuiu decisivamente com a luta pela conquista da terra dos trabalhadores rurais de Brasilândia e de João Pinheiro.

Junto com as irmãs de Jesus Crucificado, Tiãozinho, como um Apóstolo Paulo no nosso meio, fundou muitas CEBs no noroeste de Minas. De coração generoso e humilde, sempre sorrindo, Tiãozinho alegrava o povo das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e nos alegrava com sua fé viva, encarnada na vida, fazendo crer em um Jesus Cristo bem humano, íntimo, presente no cotidiano da nossa realidade.

Enquanto camponês nascido na roça, negro, cria das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), sob animação e formação das Irmãs de Jesus Crucificado, em Brasilândia e Unaí, Tiãozinho foi imprescindível em Minas Gerais, em 1986 – ano em que o movimento social camponês estava fortemente mobilizado, pressionando e atuando nas discussões pró-Constituinte, para inscrever na Constituição de 1988 a desapropriação de latifúndios para reforma agrária e a exigência da função social da propriedade da terra -, foram criados os quatro primeiros assentamentos: PA Iturama, no município de Limeira do Oeste, no pontal do Triângulo Mineiro, com 117 famílias, em 03 de setembro de 1986; e outros três assentamentos no noroeste de Minas. Tiãozinho foi presença protagonista em todas essas lutas.

A atuação de Tiãozinho como integrante das CEBs, da CPT e do STR contribuiu para que o berço da luta pela terra em Minas Gerais fosse o noroeste do Estado, onde foi implementado  “o assentamento mais antigo de Arinos (e também o primeiro assentamento realizado pelo INCRA, em Minas Gerais, no ano de 1974), que recebeu o nome de Sagarana, nome dado por causa da relação literária existente entre a região do Rio Urucuia e João Guimarães Rosa” (BATISTA, 2015, p. 49). O Projeto de Assentamento Sagarana fez parte do Projeto Integrado de Colonização (PIC) da ditadura militar-civil-empresarial.

Também no noroeste de Minas, com a atuação do Tiãozinho pela CPT (Comissão Pastoral da Terra), aconteceu um marco referencial na luta pela terra em Minas Gerais, que foi a desapropriação das fazendas Saco Grande e Palmeirinha, no município de Unaí, em 1984, Fruta D’Anta, no município de João Pinheiro, em 1986, e Vereda Grande, no município de Urucuia. As fazendas Saco Grande e Palmeirinha se tornaram PA Palmeirinha dia 01 de outubro de 1986, com 162 famílias em 6146 hectares de área. Segundo dados do INCRA, de 2016, os camponeses Sem Terra no noroeste de Minas já conquistaram 77 assentamentos, graças também à atuação do Tiãozinho como agente da CPT.

Em 2001, Tiãozinho partiu do interior para a capital, e, em Belo Horizonte, ampliou seu círculo de amizades e de luta, porque todos que conheciam Tiãozinho queriam desfrutar de sua presença e de sua amizade. Contribuiu intensamente com a construção e o desenvolvimento da Casa Bio-Saúde[3], durante 17 anos (de 2001 a 2018), na promoção da medicina preventiva, no trabalho da utilização de técnicas e terapias naturais acreditando que a saúde e a vida são bens preciosos e, portanto, era necessário militar também nesta causa.

Tiãozinho conseguiu ultrapassar as próprias limitações de ter estudado em escola rural e ter feito estudo supletivo para concluir o Ensino Médio. Com muita luta, por meio do PROUNI, fez o curso de Fisioterapia no Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, onde foi estudante destaque sempre socializando com suas colegas seus inúmeros saberes nas áreas de saúde alternativa e natural.

Não sendo apenas da CPT e da Bio-Saúde, mas também das CEBs, do Sindicato dos/as Trabalhadores/ras Rurais de Brasilândia e João Pinheiro, do CEBI (Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos), do Movimento Negro e da Luta dos Quilombolas etc., Tiãozinho sempre soube a quem defender, onde exercer a sua militância, e seu jeito discreto não apagava sua consciência política e cidadã revolucionária.

Tiãozinho colocou em prática e vivenciou as bem-aventuranças do Evangelho de Mateus 5,1-12. Sem vacilar, podemos afirmar como Jesus de Nazaré: “Felizes os pobres, como Tiãozinho, porque deles é o reino do céu. Felizes os aflitos, como Tiãozinho, porque serão consolados. Felizes os humildes, como Tiãozinho, porque conquistarão a terra. Felizes os que têm fome e sede de justiça, como Tiãozinho, porque serão saciados. Felizes os que são misericordiosos, como Tiãozinho, porque encontrarão misericórdia. Felizes os puros de coração, como Tiãozinho, porque verão a Deus. Felizes os que constroem a paz, como Tiãozinho, porque serão chamados filhos de Deus. Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, como Tiãozinho, porque deles é o Reino do Céu. Felizes, vocês, como Tiãozinho, se forem insultados e perseguidos, e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de mim. Fiquem alegres e contentes, como Tiãozinho, porque será grande para vocês a recompensa no céu. Do mesmo modo perseguiram os profetas que vieram antes de vocês.”

Feliz quem teve a alegria, a graça e a responsabilidade de conviver com Tiãozinho e lutar ao lado dele por justiça agrária, pelos direitos humanos, por saúde alternativa, naturista e holística. Que tenhamos a coragem que Tiãozinho tinha para HONRARMOS o nome dele e o imenso legado espiritual, profético e revolucionário que Tiãozinho nos deixou.

Vai com Deus, Tiãozinho, mas você estará sempre em nós, conosco. Nosso coração chora sua ausência física. Não o temos mais diante de nós. Você entrou em nós, está em nós! Dói muito saber que ficaremos sem você fisicamente, mas, onde estiver, com este coração imenso e bondoso, você, Tiãozinho, estará nos iluminando, nos inspirando e nos dando coragem e perseverança na luta pelo bem comum.

Referência.

BATISTA, Elza Cristiny Carneiro. Trajetórias escolares de jovens assentados: estudo em Arinos/MG. (Dissertação de mestrado). Florianópolis: UFSC, 2015.

Belo Horizonte e João Pinheiro, 15 de julho de 2018.

Obs. 1: Esse texto é apenas um pouco do muito que foi e fez o “Tiãozinho da CPT e da Bio-Saúde”. Quem com ele conviveu e lutou, sinta-se à vontade para escrever algo sobre o imenso legado espiritual e profético que ele nos deixou. Se escrever, envie-nos (e-mail: gilvanderlm@gmail.com , que com alegria publicaremos.

Obs. 2: Os vídeo, abaixo, confirmam o texto, acima.

1 – Tiãozinho da Bio Saúde BH: A trajetória de uma luta. 1ª Parte. Belo Horizonte/MG, 30/12/2017.

2 – Tiãozinho da Bio Saúde/BH: A coragem de seguir Jesus – 2ª Parte – Belo Horizonte/MG, 30/12/2017.

3 – Tiãozinho da Bio Saúde/BH: luta e resistência no noroeste de Minas – 3ª Parte – 30/12/2017.

4 – TIÃOZINHO – Vídeo inédito – Em BH/MG: Luta que continua. Serviço à saúde. 4a Parte. 30/12/2017.

5 – Palavra Ética na TVC/BH com Sebastião Clemente: cura natural e gratuita do câncer. 15/09/2015.

[1] Assistente Social em João Pinheiro, MG, e mestranda em Serviço Social. Militante social com significativa participação nas CEBs, CEBI, na Cáritas e em Projetos Sociais no Noroeste de MG e no Vale do Jequitinhonha.

[2] Frei e padre da Ordem dos carmelitas; doutor em Educação pela FAE/UFMG; licenciado e bacharel em Filosofia pela UFPR; bacharel em Teologia pelo ITESP/SP; mestre em Ciências Bíblicas; assessor da CPT, CEBI, SAB e Ocupações Urbanas; prof. de “Movimentos Sociais Populares e Direitos Humanos” no IDH, em Belo Horizonte, MG.

E-mail: gilvanderlm@gmail.com – www.gilvander.org.br – www.freigilvander.blogspot.com.br      –

www.twitter.com/gilvanderluis        –     Facebook: Gilvander Moreira III

[3] Cf. www.biosaude.org.br , situada à Av. Francisco Sá, 830 – Gutierrez, Belo Horizonte – MG, CEP: 30441-018 – Tel. (31) 3313-3888

Eis, abaixo, algumas fotos de Tiãozinho da CPT e da Bio-Saúde.