';

Minas – Terras em Disputa: trabalhadores rurais de Felisburgo e Ariadnópolis estão prestes a consquistarem suas terras

01/12/2017

FICHA TÉCNICA Reportagem: Rafaella Dotta e Wallace Oliveria | Arte: José Bruno Lima | Edição: Joana Tavares

Fonte:https://www.brasildefato.com.br/2017/12/01/minas-terras-em-disputa/
Três fazendas estão prestes a serem passadas das mãos de grandes fazendeiros às mãos de trabalhadores rurais em Minas Gerais. As áreas, ocupadas por famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), foram destinadas à colonização agrícola por decreto estadual e aguardam agora decisão da Justiça. A fazenda de Nova Alegria, em Felisburgo, amarga 13 anos do assassinato de cinco sem-terra. A fazenda de Ariadnópolis, no Sul de Minas, já possui grande produção de alimentos e planeja um complexo de educação. Em processo mais avançado, a fazenda de Gravatá, em Novo Cruzeiro, está com acordo entre proprietário e governo.

A reportagem do Brasil de Fato MG foi até o Sul de Minas e o Vale do Jequitinhonha acompanhar a expectativa das famílias com a tão sonhada desapropriação. Confira o Especial Minas: terras em disputa.

ARIADNÓPOLIS

A ação de desapropriação do governo de Minas Gerais teve que ser entregue à Comarca de Campos Gerais até 25 de setembro - Créditos: Coletivo Corrente Cultural

FELISBURGO

 

Adriano Chafik Luedy é considerado foragido  - Créditos: Divulgação