';

Célio Cezar Ferreira ocupa o cargo há 2 anos e, segundo os índios, desempenha um bom trabalho e um diálogo com a comunidade.

Representantes das aldeias Xacriabá, Pankararú, Pataxó, Karixó e Krenak estiveram no local para reivindicar a permanência do atual coordenador da secretaria especial de saúde indígena. (Foto: Ariane Granado / InterTV dos Vales)

Foto: Representantes das aldeias Xacriabá, Pankararú, Pataxó, Karixó e Krenak estiveram no local para reivindicar a permanência do atual coordenador da secretaria especial de saúde indígena. (Foto: Ariane Granado / InterTV dos Vales)

Lideranças indígenas de aldeias de Minas Gerais e do Espírito Santo realizaram um protesto na sede do Distrito Sanitário Especial Indígena, em Governador Valadares, na tarde dessa segunda-feira (6). Representantes das aldeias Xacriabá, Pankararú, Pataxó, Karixó e Krenak estiveram no local para reivindicar a permanência do atual coordenador da secretaria especial de saúde indígena, Célio Cezar Ferreira.

A manifestação foi pacifica e os índios pediam a permanência do diretor, que ocupa o cargo há 2 anos. Ele entrou como substituto da antiga coordenadora, que saiu por exigência das comunidades. Eles alegam que o diretor, que é biólogo e atua na saúde indígena desde 2002, estabeleceu um bom diálogo com a comunidade e desenvolveu um bom trabalho em relação aos gestores anteriores.

A manifestação foi pacifica e os índios pediam a permanência do diretor que ocupa o cargo há 2 anos. (Foto: Ariane Granado / InterTV dos Vales)A manifestação foi pacifica e os índios pediam a permanência do diretor que ocupa o cargo há 2 anos. (Foto: Ariane Granado / InterTV dos Vales)

A manifestação foi pacifica e os índios pediam a permanência do diretor que ocupa o cargo há 2 anos. (Foto: Ariane Granado / InterTV dos Vales)

Resposta do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou que um decreto do ano de 2005 permite ao executivo nomeação de cargos de livre provimento, o que se aplica aos coordenadores distritais de saúde indígena. Ainda foi informado que reuniões estão sendo realizadas com essas comunidades para tratar questões reivindicadas pelas lideranças locais.